01
Mar 10

Pois, que dia.

Parece que as 18h nunca mais chegam e o dia de trabalho nunca mais tem fim.

O meu patrão, para me castigar, agora tirou-me o computador de trabalho.

Já estão a imaginar o meu dia de trabalho.

Não tenho praticamente nada para fazer. Faço umas guias de transporte manualmente e pouco mais.

Passo o dia a olhar para as paredes e a desesperar. Nunca imaginei que esta situação pudesse ser tão desesperante. Mas é.

Eu faço os possíveis para que o dia passe mais depressa, mas não adianta.

Sei bem que eles estão a tentar vencer-me pelo cansaço e nem vos conto o quanto estou a ficar cansada disto.

Imaginam o que é acordar todos os dias, olhar para o espelho da casa de banho e pensar que tenho de me preparar para ir para um trabalho onde não sou desejada. Que o patrão não me quer lá. É muito mau, muito deprimente.

Mas pronto, a Segunda-feira já passou. Um dia a menos para o fim de semana.

Melhores tempos virão, com certeza.

 

 

publicado por dama-de-copas às 18:51
sinto-me:

Não conhecia este teu blog, fiquei a conhecer agora através do e-mail que enviaste a confirmar a participação no passatempo do dia do pai.

Fiquei triste com o que li, porque já vi muitas situações iguais e as pessoas acabam mesmo por desistir! Essa das férias, que depois não são pagas... é do pior! Já vi uma situação igual, mesmo ao meu lado... a moça passava o dia a escrever em folhas de papel palavras começadas por determinadas letras, para se entreter.. até que desistiu e foi embora. Escusado será dizer que eu assim que vi aquilo, fiz o mesmo!

Vou voltar a trabalho, depois de 7 meses fora (ferias e licença de maternidade), estou com medo do que me espera... :(

Desejo que resolvas a situação o mais depressa possivel, e da melhor forma para ti!

Mafalda a 2 de Março de 2010 às 21:19

Olá Mafalda.
Muito obrigado por visitares o blog e comentares.
Todas as palavras que recebo via comentários e via email têm dado imensa força. Agradeço muito.
Também eu penso em desistir. Fico doida com tantas horas e nada para fazer. Dá vontade de andar ao murro às paredes, é bruto, mas sinceramente fico tão desesperada e nervosa que é mesmo isso que me apetece.
Hoje o patrão disse-me para aparecer na sede um dia ao fim da tarde que quer falar comigo. Gostava de ser bruxa para adivinhar o que é. Mas não vale a pena estar a massacrar-me com antecedência. Pior do que o que estou não devo ficar, por isso é melhor não pensar muito.

Desejo-te muitas felicidades para o bebé.
Estou a tentar organizar uns post's com umas dicas para mamãs. Sites para se inscreverem e receberem alguns brindes e coisas do género.
O tempo é que não tem dado para tudo. Mas vai espreitando o blog, vou tentar esta semana já colocar um post sobre isso. Até pode ser que tenhas dicas também ;-)

Tenho poucas palavras a acrescentar... Esse patrão é um animal. Que é como quem diz, uma grandessissima besta. Desculpa o palavreado, mas esta gente devia era passar uns tempos de fome e de faltas, com alguem como eles em cima, para ver como elas mordem!
Credo, estas coisas deixam-me possessa!!
Raquel Lucas a 8 de Março de 2010 às 17:23

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17
19
20

23
24
25
26
27

28
29
30
31


RSS
Visitantes
Tracking Visitors
Visit Counter
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
Dama de Copas no Flickr
Dama de Copas no Facebook
Dama de Copas no Twitter
Contactar a Dama de Copas