24
Fev 10

É uma das maiores preocupações da mulher. As gravidezes e as dietas rápidas são fatídicas para esta zona, que sofre, com estes processos, uma grande distensão. Se ganhou peso, mesmo que o tenha conseguido voltar a perder, é possível que não consiga livrar-se das pregas, dos pneus e até de alguma celulite nesta zona.

As digestões difíceis também propiciam o aumento desta parte do corpo, que pode acumular ar e inchar.

Uma alimentação correcta, evitando o sal na medida do possível, o exercício regular e beber muitos líquidos (evitando as bebidas gaseificadas) são medidas fundamentais para favorecer o adelgaçamento da barriga.

Como solucionar o problema:

O primeiro passo para perder barriga é eliminar as gorduras que tem acumuladas e isto consegue-se queimando-as com exercício aeróbio e controlando a alimentação para evitar o seu reaparecimento.

Para além de controlar o que come e fazer exercício aeróbio, tem de trabalhar os músculos da barriga para que fique dura. Ter um abdómen forte vai melhorar a sua postura e fazê-la parecer mais esbelta. O músculo abdominal mais importante para auxiliar na postura é o transverso abdominal.

Ele também é muito eficaz para que se venha a ter uma diminuição do perímetro da cintura. O principal exercício para trabalharmos o transverso é a prancha: posicione-se de barriga para baixo, com os cotovelos apoiados no chão à largura dos ombros, joelhos apoiados no chão e afastados na distância da bacia, e o olhar fixo no chão.

Mantenha essa posição por 30 segundos, duas vezes, e aumente o tempo de contracção gradualmente. Preste atenção à zona lombar: qualquer incómodo nessa região deve-se interromper o exercício.

Abdominais, abdominais, abdominais! Não duvide. É difícil começar mas são os exercícios mais eficazes para recuperar a firmeza e a elasticidade da barriga. Lembre-se: o melhor é fazer poucos mas bem do que muitos e mal.

Ajuda extra...

As massagens drenantes são muito benéficas para diminuir o ventre e muito boas para a tonicidade da pele. O único problema é que requerem tempo e é fundamental que a massagem seja feita por uma pessoa com formação adequada.

Se for persistente e combinar as massagens com a aplicação de cosméticos adelgaçantes, conseguirá combater o excesso de gordura nesta zona sem ter recorrer à cirurgia (lipoaspiração).

Sugestão

Faça um exercício cardiovascular (aeróbio) e, logo de seguida, exercícios abdominais. Isso vai fazer com que o seu metabolismo comece a funcionar mais depressa e a queimar mais calorias.

Lembre-se que para executar abdominais da maneira certa o mais importante é contrair bem a barriga, manter o pescoço sempre no prolongamento das costas, certificar-se de manter uma boa postura e fazer uma respiração correcta (quando fizer esforço, expire o ar, e quando relaxar os músculos, inspire).

Os abdominais vão servir para a endurecer mas se não eliminar gordura, não vai notar resultados.

O exercício aeróbio é aquele em que utilizamos o sistema aeróbio como fonte de energia, onde, a partir de uma certa intensidade e duração, passamos a utilizar as reservas de gordura que temos acumulada, em detrimento das reservas de hidratos, como fonte de combustível para a realização do exercício. Correr, nadar, jogar ténis, fazer aeróbica ou andar a bom ritmo são exercícios aeróbios.

 

publicado por dama-de-copas às 21:21
sinto-me:

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
17
18
20

21
26
27

28


RSS
Visitantes
Tracking Visitors
Visit Counter
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
Dama de Copas no Flickr
Dama de Copas no Facebook
Dama de Copas no Twitter
Contactar a Dama de Copas