28
Jan 10

Ontem saíu um livro que eu quero, quero muito.

Chama-se "Heróis à Moda do Porto".

O livro é sobre o calão utilizado no Porto e os seus significados. Nada de especial para muitas pessoas mas a mim despertou-me a curiosidade.

Eu sou do Norte do país e aqui também se usa algumas expressões, a minha curiosidade despertou no sentido de saber se os significados são os mesmo e também de conhecer outras expressões usadas pelos "tripeiros". Quando chamo "tripeiros" não quero ferir susceptibilidades pois tenho imenso respeito por eles.

 

Deixo-vos aqui informações sobre o livro e esta informação.

Dentro em breve haverá um passatempo onde vou oferecer um exemplar do livro.

Estejam atentos ;-)

 

Heróis à Moda do Porto
de Vários
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 60
Editor: Lugar da Palavra
ISBN: 9789898255273
 
Sinopse
"Vai no Batalha...
Estás a falar para a Central!
Um grise do carago.
O gajo só pensa em encher a mula...

No 126 da Rua Passos Manuel..."

Todos os contos terminam com algo a ter lugar nesta morada. No Porto, claro, porque os sete contos têm por cenário de fundo diversos ambientes da Invicta e todas as personagens, importadas (e muito adulteradas) das clássicas histórias infantis, de repente, como que por um passe de magia, desatam a falar "portoguês"... ou seja, a linguarejar com o registo bem típico das gentes do norte e, em particular, da zona do Grande Porto. E, para lá da língua, procurou-se incutir aos diferentes heróis retratados... a alma tão sui generis dos portuenses. Com muita ironia e sarcasmo, à mistura, naturalmente.

 

publicado por dama-de-copas às 08:57
sinto-me:
música: A ouvir U2

Olá.
Realmente o livro é bastante curioso e tenciono adquiri-lo.

Sou tripeira e quero esclarecer apenas umas coisa. Ao contrário do que possam pensar, nós sentimos um grande orgulho de ser tripeiros. Gostamos de nos intitular como tal e não levamos a mal quem nos trata assim... Enchemos os pulmões para dizer: Sou tripeiro! E dizemo-lo de coração. :)

Adorei esta iniciativa e gostava de ver outros dicionários a surgir e não só à moda do Porto.

O que mais me alegra é ver pessoas que não são do Porto e que estão super entusiasmadas com o livro. Muito obrigada por ser mais um exemplo :)

Beijoquitas!

E Bibó Porto, Carago! :D
Sílvia Cardoso a 29 de Janeiro de 2010 às 19:04

Olá Sílvia :-)
Em primeiro lugar quero agradecer por visitar o blog e por comentar.
Adoro a cidade do Porto bem como as pessoas do Porto.
É fantástico, vocês são óptimos a receber as pessoas, um bom humor inacreditável. Quando vou ao Porto sinto-me em casa. Não sou de longe é verdade, mas tenho um sentimento pelo por inexplicável.
Continuem assim ;-)
Beijinhos
dama-de-copas a 1 de Fevereiro de 2010 às 13:58

Eu, na parte que me toca, também não fico muito chateado se me chamarem tripeiro. Fico se me chamarem portista em vez de portuense.

Quanto ao sabermos receber, devo dizer-te que em Braga também se recebe bem. Aliás, o Minho é como se fosse a minha segunda região. Adoro!
Pete Law a 3 de Fevereiro de 2010 às 11:53

olá... o livro quando foi apresentado na televisão fiquei logo com curiosidade em comprá-lo.

A minha mãe é tripeira, e eu sempre gostei do cidade invicta, não sei explicar porque mas lá as pessoas são acolhedoras e simpáticas, muito divertidas. quando vou ao porto com a minha mãe visitar a família sinto-me como se fosse a minha cidade natal. a cidade a noite é espectacular, não há palavras. o livro ainda não o li, mas estou com esperanças que quando o ler vou sentir como fosse da cidade e a minha mãe vai poder relembrar algumas palavras que se usavam quando ela era pequena.

beijo
marta sofia a 11 de Fevereiro de 2010 às 21:58

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21

24
26
27
29
30

31


RSS
Visitantes
Tracking Visitors
Visit Counter
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
Dama de Copas no Flickr
Dama de Copas no Facebook
Dama de Copas no Twitter
Contactar a Dama de Copas