28
Jan 10

Ontem saíu um livro que eu quero, quero muito.

Chama-se "Heróis à Moda do Porto".

O livro é sobre o calão utilizado no Porto e os seus significados. Nada de especial para muitas pessoas mas a mim despertou-me a curiosidade.

Eu sou do Norte do país e aqui também se usa algumas expressões, a minha curiosidade despertou no sentido de saber se os significados são os mesmo e também de conhecer outras expressões usadas pelos "tripeiros". Quando chamo "tripeiros" não quero ferir susceptibilidades pois tenho imenso respeito por eles.

 

Deixo-vos aqui informações sobre o livro e esta informação.

Dentro em breve haverá um passatempo onde vou oferecer um exemplar do livro.

Estejam atentos ;-)

 

Heróis à Moda do Porto
de Vários
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 60
Editor: Lugar da Palavra
ISBN: 9789898255273
 
Sinopse
"Vai no Batalha...
Estás a falar para a Central!
Um grise do carago.
O gajo só pensa em encher a mula...

No 126 da Rua Passos Manuel..."

Todos os contos terminam com algo a ter lugar nesta morada. No Porto, claro, porque os sete contos têm por cenário de fundo diversos ambientes da Invicta e todas as personagens, importadas (e muito adulteradas) das clássicas histórias infantis, de repente, como que por um passe de magia, desatam a falar "portoguês"... ou seja, a linguarejar com o registo bem típico das gentes do norte e, em particular, da zona do Grande Porto. E, para lá da língua, procurou-se incutir aos diferentes heróis retratados... a alma tão sui generis dos portuenses. Com muita ironia e sarcasmo, à mistura, naturalmente.

 

publicado por dama-de-copas às 08:57
sinto-me:
música: A ouvir U2

Olá.
Realmente o livro é bastante curioso e tenciono adquiri-lo.

Sou tripeira e quero esclarecer apenas umas coisa. Ao contrário do que possam pensar, nós sentimos um grande orgulho de ser tripeiros. Gostamos de nos intitular como tal e não levamos a mal quem nos trata assim... Enchemos os pulmões para dizer: Sou tripeiro! E dizemo-lo de coração. :)

Adorei esta iniciativa e gostava de ver outros dicionários a surgir e não só à moda do Porto.

O que mais me alegra é ver pessoas que não são do Porto e que estão super entusiasmadas com o livro. Muito obrigada por ser mais um exemplo :)

Beijoquitas!

E Bibó Porto, Carago! :D
Sílvia Cardoso a 29 de Janeiro de 2010 às 19:04

Olá Sílvia :-)
Em primeiro lugar quero agradecer por visitar o blog e por comentar.
Adoro a cidade do Porto bem como as pessoas do Porto.
É fantástico, vocês são óptimos a receber as pessoas, um bom humor inacreditável. Quando vou ao Porto sinto-me em casa. Não sou de longe é verdade, mas tenho um sentimento pelo por inexplicável.
Continuem assim ;-)
Beijinhos
dama-de-copas a 1 de Fevereiro de 2010 às 13:58

Eu, na parte que me toca, também não fico muito chateado se me chamarem tripeiro. Fico se me chamarem portista em vez de portuense.

Quanto ao sabermos receber, devo dizer-te que em Braga também se recebe bem. Aliás, o Minho é como se fosse a minha segunda região. Adoro!
Pete Law a 3 de Fevereiro de 2010 às 11:53

olá... o livro quando foi apresentado na televisão fiquei logo com curiosidade em comprá-lo.

A minha mãe é tripeira, e eu sempre gostei do cidade invicta, não sei explicar porque mas lá as pessoas são acolhedoras e simpáticas, muito divertidas. quando vou ao porto com a minha mãe visitar a família sinto-me como se fosse a minha cidade natal. a cidade a noite é espectacular, não há palavras. o livro ainda não o li, mas estou com esperanças que quando o ler vou sentir como fosse da cidade e a minha mãe vai poder relembrar algumas palavras que se usavam quando ela era pequena.

beijo
marta sofia a 11 de Fevereiro de 2010 às 21:58

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21

24
26
27
29
30

31


RSS
Visitantes
Tracking Visitors
Visit Counter
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
as minhas fotos
Dama de Copas no Flickr
Dama de Copas no Facebook
Dama de Copas no Twitter
Contactar a Dama de Copas